Sobre

Fotografia

A fotografia foi chegando como quem não quer nada. Tomou forma, ocupou o espaço que sempre foi dela. Sou mais uma daquelas pessoas que quando pensa na infância, já se via com uma câmera na mão.

Os registros, as lembranças congeladas - coloridas ou preto e brancas - isso sempre me encantou. Podia ser no almoço de família, na viagem com os amigos ou simplesmente sozinha. Fotografar era colocar no papel o sentimento do momento, aquilo que merecia ser guardado.

A menina cresceu, com ela os sonhos e o mundo tornaram-se ainda maiores. E a vontade de fotografar só aumentou.

Hoje, o que era brincadeira virou coisa séria, mas quem disse que o sério não pode ser divertido?!